Em nome de Deus

A fé é o meu guia. A Lâmina é o meu instrumento para realizar a vontade do Senhor.

Ugo era o braço de ferro da Sagrada Igreja. A mão que punia para redimir. E ele sabia que nesse ofício também estava a sua redenção. A sua salvação.

Ele não conseguira dormir. Nunca conseguia em dias como esse.

Sua cabeça ficava tomada pela ansiedade, pela vontade de enfrentar o inimigo, não importa o quão forte ele fosse.

Foi para trabalhos como esse que ele fora ordenado. Essa era a sua função dentro da igreja. Ele era um soldado da fé.

Nisso estava a sua devoção e o seu espírito.

Essa era a sua vida e o que ele sabia fazer. Esse era o seu destino.

Despiu-se e delineou com a ponta do dedo as cicatrizes no peito, nos braços e nas coxas.

Ele fora forjado na dor. Sofrera para alcançar a redenção e sabia que precisava ajudar aos enfermos da alma a serem bem vistos novamente aos olhos de Deus.

E ele sabia que era o melhor nessa tarefa.

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email