Eduardo Kasse, muito prazer!
Escritor e roteirista

Escritores e leitores, uma relação de valor

As interações, além de criar amizades, proporcionam o enriquecimento do trabalho por meio de novas visões e trocas de ideias.

Publicado em:

Por:

leitura

Sou um escritor que também atua no mercado corporativo produzindo conteúdos diversos para várias áreas do conhecimento e de atuação e, uma das práticas que trouxe para a literatura, é a interação com o público.

Nesse post não falarei dos parceiros profissionais – essenciais para a criação de um trabalho de qualidade –, pois eles têm visões e experiências diferentes devido ao dia a dia das suas carreiras. Para eles dedicarei outro artigo exclusivo.

Quero focar mesmo nos leitores.

Feedbacks

O conceito de feedback é simples: é uma “realimentação”, um retorno sobre algo, no caso da literatura sobre um romance, um conto, uma novela etc.

Ele é importantíssimo como “termômetro” para os autores: mostra a percepção do público sobre os temas, personagens e histórias.

Sempre digo que o livro é – e agora por causa das redes sociais isso se potencializou muito – um organismo vivo. Os leitores (ainda bem!) estão mais participativos, opinam, criam versões, fanarts, concordam, discordam e alguns até se digladiam contra “opositores” em casos mais extremos.

Os leitores estão mais experientes, experimentados e exigentes! Eles têm voz e querem ser ouvidos.

Assim sendo, os escritores precisam interagir com esse público, conhecer visões, contar histórias de “bastidores” do livro, explicar, ouvir, elucidar, enfim, criar um relacionamento propício para aprendizados

Um relacionamento verdadeiro é claro! Em que o principal objetivo é a troca de conhecimentos, a conversa. A venda sempre será consequência disso.

Já tive boas ideias depois de papear com leitores. Também evoluí em alguns conceitos depois de conhecer expectativas e ter alguns erros apontados por eles.

Sim, nós erramos! E ter essa consciência é a única forma de nos fazer crescer.

Essa relação de valor possibilidade que os caminhos percorridos sejam mais suaves e prazerosos e, acima de tudo, é uma forma de respeitar quem aprecia, apoia e confia no nosso trabalho.

Então, meus queridos amigos leitores, continuarei, sempre que possível, com os nossos papos.

Vamos juntos nessa?

Até mais!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Veja mais postagens do nosso Blog!